Cinco dicas antes de contratar o seguro do carro

Advogado de Direito do Consumidor propala notícia sobre contrato de seguro de carro

 

Contratar um seguro automotivo é quase um item de série quando se compra um carro, para evitar transtornos futuros em caso de acidentes, furto ou roubo. O Procon-SP listou algumas dicas sobre o assunto. Confira.

1.Informe-se

Cheque se o corretor e a seguradora possuem registro na Superintendência de Seguros Privados (Susep) pelo site www.susep.gov.br. Antes de assinar qualquer documento, solicite e leia com atenção a minuta da proposta e as condições gerais do contrato. Em caso de dúvidas, busque orientação do corretor de sua confiança ou de um órgão de defesa do consumidor.

2. Pesquisar é preciso

Compare as propostas. Não deixe de pesquisar preços e quais são os serviços prestados pela seguradora: abrangência da cobertura, exclusões, se há previsão de carro reserva.

3. Enchente e outros fenômenos da natureza

Entre as coberturas e exclusões para você ficar atento, é bom saber se danos provocados por enchentes ou outros fenômenos da natureza, como queda de árvore, por exemplo, estão inclusos na cobertura. Se não estiverem, podem ser negociados.

4. Prazos

O prazo para aceitação do seguro tem que ser especificado na proposta, e não pode ser superior a 15 dias, contados da data do recebimento da mesma. Havendo recusa, o valor pago deverá ser devolvido com atualização até a efetiva restituição.

Será considerada como início da cobertura de risco a data indicada na proposta de seguro. Na falta desta, valerá a data do recebimento da proposta pela seguradora. Por isso, é importante que você exija o preenchimento correto do dia de assinatura do contrato.

Os procedimentos e documentos exigidos para solicitação do pagamento do sinistro devem ser especificados no contrato e o prazo de 30 dias (ou menos) começará a ser contado a partir da data de entrega dos documentos, sendo interrompido toda vez que houver solicitação de documentação complementar.

O consumidor precisa relacionar e protocolar os documentos entregues à seguradora. Eles serão o comprovante em eventual descumprimento do prazo por parte do fornecedor.

5. Preenchimento do Questionário

A idade, o sexo e o local de estacionamento (se coberto ou não) são detalhes que contam no desconto sobre o prêmio. No preenchimento dos dados, a responsabilidade pela veracidade das informações é sua, por isso você mesmo deve responder o questionário de avaliação de riscos emitido pela seguradora.
A falta de exatidão nessas informações pode trazer prejuízos e aborrecimentos, como dificuldades em não receber a indenização, por exemplo. Portanto, seja honesto nas respostas.
Fonte:  Fundação Procon São Paulo

Tags: seguro de carro, contrato de seguro de carro, contatrato de seguro de veículo,  Procon, Advogado de direito do consumidor RJ, advogado de direito do consumidor do Rio de Janeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *